Vamos abordar agora alguns conceitos excelentes – presentes em cursos online, inclusive – que podem ajudar os consultores a vender mais e melhor.

São estratégias de prospecção muito proveitosas que têm foco na fidelização de clientes e auxiliam na criação de uma boa base para seu marketing de rede.

Marketing pessoal

Além de representar uma empresa, você lidará com os clientes cara a cara em diversos ambientes. Saber se portar em cada local é essencial para que as pessoas acreditem em seus argumentos e no produto que está oferecendo. A primeira impressão é a que fica, por isso é válido colocar em prática os melhores conceitos de marketing pessoal: ética profissional, etiqueta social, aparência e postura física, saber falar e ouvir, entre outros aspectos.

Aprimorar seu marketing pessoal é extremamente válido. Você pode dar mais credibilidade ao trabalho e ainda ser admirado por muitas pessoas que também desejam seguir carreira investindo no marketing de rede.

Divulgação na internet e redes sociais

Mais do que vender diretamente e realizar várias negociações, é crucial ao consultor fazer a divulgação de seu trabalho em diferentes canais. Os meios online nunca devem ser deixados de lado, pois a internet atinge um alto número de pessoas. Por isso é fundamental conhecer todas as redes sociais e suas características para fazer uma promoção, seguindo sempre fórmulas inteligentes.

Embora a duplicação – inspiração em uma ideia funcional – seja válida, é inerente ir além do convencional. Com transparência e originalidade, dá para criar abordagens que atraem, mostrando sempre do que se trata o negócio, quais as vantagens e como funciona na prática.

Marketing de atração

Falando em atrair, que tal considerar o inbound marketing para dar um plus em suas estratégias de prospecção de marketing multinível? Para vender bem e fidelizar, é essencial ter naturalidade e coerência, mostrando realmente quais os benefícios do sistema – para recrutar pessoas a sua rede – e porque um produto é ideal para solucionar um problema do cliente.

O marketing de atração tem como objetivo gerar o interesse dos potenciais consumidores a sua empresa, produto ou serviço. Por meio do estudo do comportamento, cria propostas que educam, convertem e levam os clientes a se encantar com sua marca de modo natural, sem forçar nenhuma situação, atraindo apenas com ferramentas qualitativas ou conteúdos relevantes.

Em um plano de MMN, o consultor pode se aproveitar desse recurso ao criar uma página nas redes sociais e escrever posts interessantes com os benefícios de um produto; gerenciar e criar conteúdo relevante em um blog; fazer um trabalho de e-mail marketing para mostrar as novidades aos clientes cadastrados em sua base e até produzir anúncios patrocinados com abordagens criativas.

Tradicionais, essas estratégias sempre se renovam e dá para aproveitá-las ao máximo. Assim dá para seguir fielmente as quatro etapas do marketing de atração – atração, conversão, fechamento e encantamento – e conquistar seus objetivos como revendedor e recrutador.

Marketing de relacionamento

Muita gente pensa que após converter e encantar clientes já está tudo resolvido, mas é aí que mora o perigo. Após uma situação positiva é necessário desenvolver uma relação consistente e duradoura com eles, para que continuem interessados em seus produtos e serviços. Eis aí a importância do marketing de relacionamento.

A grande sacada dessa área é investir em técnicas que agradam os contatos e os leva a criar empatia pela sua marca. Imagine que você representa uma empresa de produtos para emagrecimento. Além de convencer o cliente a comprar uma ou mais opções, pode ir acompanhando sua evolução e dando dicas para que ele tenha um melhor aproveitamento. Em um blog, você pode gerar conteúdo que explique como o produto age no corpo, qual a função de seus nutrientes, dicas de exercícios para ajudar nessa meta, entre muitas outras ideias.

Com o marketing de relacionamento cada consumidor importa. Se ele tem um bom suporte, compra algo que realmente resolve seu problema e sabe que você está pronto para atendê-lo, dificilmente se voltará para a concorrência. Seu produto pode até ser mais caro, mas com esse trabalho positivo ele dará mais crédito para sua marca do que outra que nem se importa com suas necessidades.

Outras dicas legais: lembrar-se do cliente em datas especiais, realizar concursos e promoções, dar bonificações de acordo com o valor da compra, fazer pesquisas de satisfação, etc.

Líder Coach

Ao fazer uma pesquisa rápida sobre o sistema de marketing multinível, você perceberá que há muitas pessoas que fazem vídeos, sites e páginas com dicas de motivação e do cotidiano dessa área. Grande parte desses indivíduos atua como líder coach, realizando esse trabalho de consultoria baseados em uma longa experiência prática e qualificação recorrente.

Alcançar esse status demanda especialização tanto em MMN quanto nos conceitos que o compõe. Um líder coach deve ser visto como uma referência para muitas pessoas, sendo tanto empreendedor quanto criativo e ousado, com ideias e atitudes que merecem crédito. Para se ter ideia, muitos profissionais cobram altos valores para dar palestras ou participar de eventos.

Esse é o último grau para se dar bem no marketing multinível, mas isso não significa que o líder coach “sabe tudo”. Mais do que ter um bom conhecimento, é preciso se atualizar frequentemente em uma ampla gama de assuntos – voltados a um planejamento estratégico, marketing pessoal, técnicas de vendas, postura, merchandising e promoção, bem como outros conceitos.