Comprar online, ao longo dos anos, veio deixando de ser uma alternativa e passando a ser uma realidade na hora de adquirir produtos e serviços. No entanto, é preciso ficar atento ao comprar em sites desconhecidos, para não termos grandes dores de cabeça.

 

São tantas as possibilidades de comércios online, que podemos encontrar de tudo e comprar até mesmo por meio de redes sociais. 

 

Em uma pequena visita em sites na internet, é possível encontrar itens, como:

 

  • Eletrônicos;
  • Produtos de beleza;
  • Roupas;
  • Itens para casa;
  • Alimentos;
  • Entre outros.

 

Saber escolher bem uma loja onde se irá comprar uma cesta para bicicleta, por exemplo, é tão parecido quanto aquilo que fazemos no caso de uma visita a um estabelecimento físico. 

 

Reparamos no aspecto organizacional da loja, em como os colaboradores nos tratam, e até mesmo visitamos a concorrência antes de decidirmos pela compra.

 

Porém, a facilidade na palma da mão, muitas vezes, faz com que compradores não parem ao menos para desconfiar de sites falsos, empresas criadas apenas para ludibriar ou até mesmo roubar dados bancários, algo que vem se tornando cada vez mais comum.

Quais os riscos de comprar online?

Em tempos de distanciamento social, medida necessária para a nossa proteção em razão da pandemia do novo coronavírus, comprar pela internet se tornou a única opção para quem precisa adquirir algo. Logo, os crimes pela internet atingiram marcas históricas.

 

De acordo com registros da Polícia Civil do Distrito Federal, só entre março e junho de 2020, crimes de estelionato praticados na internet aumentaram quase 200% em relação ao ano anterior. Já os crimes de furto mediante fraude, atingiram aumentos de mais de 300%.

 

Além de serem muitos casos de lojas falsas, que oferecem produtos inexistentes para clientes, também existem páginas que capturam os dados dessas pessoas que estão na web, em especial dados bancários.

 

Já nos casos de roubos e estelionatos por parte de sites falsos, são ainda mais frequentes em vendas de produtos mais caros, como computador novo, máquina de lavar, celulares e outros materiais eletrônicos que, quando de fato existem, são produtos roubados.

 

Nesses casos de roubos virtuais, a melhor opção é encontrar as autoridades da sua região que possam registrar a denúncia do crime, oferecendo algum tipo de suporte ou investigação. 

 

Isso vem se tornando mais importante para o combate e desestruturação de grupos criminosos, uma vez que novas leis brasileiras passaram a enfatizar a participação da vítima, para que haja uma apuração do ocorrido.

 

Mas para além das questões prejudiciais financeiras, sites desconhecidos não podem nem ao menos vender algum item para um usuário. 

 

Pelo contrário, muitas vezes oferecem artigos ou materiais de graça para atrair dados e informações de pessoas, podendo também espalhar vírus.

Cuidados ao comprar na internet 

Agora que você já entendeu melhor sobre as possibilidades de crimes que podem ser cometidos pela internet, o melhor é saber como se proteger ou ajudar algum parente ou amigo próximo a se defender de possíveis enganadores online.

 

Saiba que não é impossível sair ileso, uma vez que existem grandes chances de você fazer suas compras, conseguir seus produtos e ficar satisfeito com as empresas na internet. Ainda assim, prevenir-se de forma inteligente e atenta ainda é a melhor opção. 

 

Confira abaixo algumas dicas para comprar online de forma segura, e até mesmo saber como proceder em um site desconhecido, que não te passa confiança:

1 – Tenha proteção online

Antes mesmo de comprar algum item na internet, ou antes de realizar qualquer tipo de atividade online, é importante saber se você possui em seu dispositivo celular ou computador a proteção necessária para navegação online.

 

O principal protetor é o antivírus, mas também podem ser os programas de segurança do próprio sistema operacional que você usa. 

 

Esteja certo de que você possui essa proteção extra, justamente para casos de invasão no momento em que você estiver fechando a compra.

 

Descubra essas informações procurando nos arquivos de seu computador ou checando no adesivo lacre de segurança na lateral do aparelho. 

 

Se você estiver usando um aparelho celular, procure fazer o download e a compra de um antivírus confiável e testado por conhecidos seus.

 

Uma boa dica também é utilizar abas anônimas do computador para realizar as transações. Além de ajudar a não deixar salvo seus dados após o uso da página, ajuda a ver os preços sem o filtro de coletores de dados.

2 – Use dispositivos pessoais

Se  você estiver pensando em fazer uma compra, seja ela grande ou pequena, saiba que você terá que conceder alguns dados pessoais, que mesmo básicos, devem ser preservados para a sua segurança e a segurança da transação bancária online.

 

Por isso, evite usar computadores de espaços públicos, lan houses, casas de terceiros ou em faculdades e escolas. Computadores usados por muitas pessoas geralmente acabam contendo vírus, ou ficam desprotegidos para compras e outras atividades.

 

Se puder, procure investir no seu próprio computador ou laptop, ou peça de pessoas próximas, quem realmente você sabe que usa aquele aparelho sozinha. Não tendo a oportunidade de fazer isso em um computador pessoal, tente ir até uma loja física.

3 – Procure saber mais sobre a loja e se o site é confiável

Digamos que você está querendo comprar um anel diamante grande e encontra uma loja que está vendendo o objeto por um preço totalmente diferente, em comparação com o que é comum no mercado. 

 

O site da loja parece ser novo e ainda não existem redes sociais ou telefones para contato.

 

Se estiver passando por um caso como esse, desconfie. Procure investigar de fato a empresa que está vendendo o produto. Pesquise nos buscadores se a loja tem CNPJ, quem são os donos, se há registro de reclamações ou processos judiciais, entre outros.

 

Por exemplo, se existem muitas pessoas reclamando de um site de venda e você não encontrou respostas ou até mesmo soluções para os problemas delas, é bom considerar que esse é um site não confiável.

 

Faça um trabalho delicado de investigação, com tudo o que estiver ao seu alcance, para que você não seja enganado. 

 

Alguns sites desconhecidos podem ser de empresas de painel ar condicionado ou qualquer outro produto que você apenas não conhecia, mas que funcionam na legalidade.

 

Se puder, procure, ainda, pesquisas na internet que direcionam às pessoas que trabalham no site daquela loja, até mesmo quem o administre. Não é uma informação tão difícil de achar, mas se comprovado que de fato é uma empresa, você pode adquirir mais confiança.

 

Inclusive, em casos de suspeitas em relação à empresa, a melhor opção é procurar saber se a loja online tem sua filial física. Grande parte das empresas sérias e que disponibilizam serviços de qualidade possuem sites complementares de lugares físicos.

 

Ademais, ao entrar em um site desconhecido, a primeira coisa que você deve fazer é verificar se aquele endereço web é confiável.

 

Por exemplo, digamos que você esteja querendo comprar uma sacola ecologica personalizada em um site de uma empresa que nunca ouviu falar. 

 

Primeiro, veja se no seu computador a conexão com aquele endereço é segura, se possui um ícone de segurança na barra de endereços da página.

4 – Se possível, pague no boleto

Uma boa dica para você não comprometer seus dados bancários ou de seus cartões, além de conceder mais informações pessoais na hora de uma compra em um site, é fazer pagamentos no boleto.

 

Primeiro de tudo, verifique se os dados da loja que estão no boleto são reais. Se levam o número do CNPJ, o nome da empresa ou razão social, e se é realmente um boleto para depósito de conta de uma pessoa jurídica.

 

Outra dica é evitar fazer compras de valores altos, seja em boleto ou cartão, justamente porque você está começando a conhecer a empresa, não sabe se é segura ou não. Caso aconteça algum problema, o prejuízo não será tão alto.

5 – Informe-se sobre a entrega

Imagine que você está em um site desconhecido na internet e acaba se deparando com uma promoção totalmente fora do comum de venda de plotagem a2. Você fecha a compra e, na hora de pagar, vê que o frete equivale a praticamente o dobro do valor do produto.

 

Além de ser uma prática criminosa e antiética, é também um indício que o site que você está não é confiável, e que provavelmente vai estar te enganando.

 

No caso de compras em lojas virtuais, tenha em mente que é a própria empresa que deve se responsabilizar por questões de entrega e com o contrato de empresa de motoboy. Se você tiver que resolver questões de entrega, é um sinal de golpe online.

Conclusão

No mais, nunca esqueça de fazer sua própria pesquisa ao comprar ou acessar um site na internet que possa pedir dados e informações importantes e pessoais.

 

Mesmo que você encontre promoções ou possibilidades agradáveis de compra e interesse, tente sempre dar um passo para trás e procurar entender se aquele site é confiável, para aí sim, você navegar com responsabilidade e segurança.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.